“O amargo saber de Cioran” – José Thomaz BRUM

O Globo, domingo, 10 de fevereiro de 1991 É uma ironia e um estranho acaso o fato de ser publicado um livro de Cioran (“Silogismos da amargura”, editora Rocco, 98 pags. Ainda sem preço) em um momento em que a humanidade — mais uma vez — põe em cena o único personagem imutável de sua… Continue lendo “O amargo saber de Cioran” – José Thomaz BRUM