Influência como Dis-Astrum, Melancolia e “Inferno Astral”

Não há fim para a “influência”, palavra que Shakespeare usou em dois sentidos diferentes mas relacionados. Pouco antes da segunda entrada do Espectro, na primeira cena de Hamlet, o erudito Horatio evoca o mundo de Júlio César de Shakespeare, onde: Pouco antes de tombar o poderosíssimo Júlio,As tumbas estavam desabitadas e os cadáveres amortalhadosGuinchavam e… Continue lendo Influência como Dis-Astrum, Melancolia e “Inferno Astral”

Pós-Metafísica, Pós-Modernidade, Pós-História, Pós-Humanismo: em diálogo com Kerstin Borchhardt sobre a recepção cioraniana de Nietzsche

Portal E.M. Cioran Brasil, 7 de junho de 2021[1] Kerstin BORCHHARDT é filósofa e historiadora da arte, doutora em História da Arte pela Universidade Friedrich-Schiller, em Iena, onde obteve bolsas de estudo de importantes instituições como Studienstiftung des deutschen Volkes, Gerda Henkel Stiftung e Fritz Thyssen Stiftung. Lecionou na Universidade de Erfurt de 2013 a… Continue lendo Pós-Metafísica, Pós-Modernidade, Pós-História, Pós-Humanismo: em diálogo com Kerstin Borchhardt sobre a recepção cioraniana de Nietzsche

“Cioran, leitor de Nietzsche” – Rodrigo Inácio R. SÁ MENEZES

CARANNANTE, Irma; ROTIROTI, Giovanni; VĂLCAN, Ciprian (orgs), Emil Cioran - Zile de Studiu la Napoli / Giornate di studio a Napoli. Timişoara : Editura Universităţii de Vest, 2021. [PDF] Trata-se de tematizar a maneira como Nietzsche é recebido e apropriado pelo pensador romeno de expressão francesa, submetendo-se ao seu próprio “filtro seletivo”. As mais apaixonadas… Continue lendo “Cioran, leitor de Nietzsche” – Rodrigo Inácio R. SÁ MENEZES

“Cioran e o Romantismo: espírito, pensamento, expressão” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

RESUMO: Trata-se de um exercício hermenêutico em torno da obra e do pensamento de Emil Cioran (1911-1995), no sentido de focalizar o romantismo latente ou manifesto deste pensador romeno consagrado por seus livros franceses: sua herança romântica, o fundus animæ romântico do seu pensamento existencial. Cioran, pensador – e artista – romântico: o que isso… Continue lendo “Cioran e o Romantismo: espírito, pensamento, expressão” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

“Ler, Pensar, Escrever”: Conversações Filosóficas com JULIANO PESSANHA

https://www.youtube.com/watch?v=QaHKBAzAIig Juliano Garcia Pessanha é graduado em filosofia pela Universidade de São Paulo (1986), mestre em psicologia clínica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2009) e doutor em Filosofia na Universidade de São Paulo (2017). Autor de Recusa do não-lugar (Ubu- 2018), da trilogia Sabedoria do nunca (1999), Ignorância do sempre (2000) e Certeza… Continue lendo “Ler, Pensar, Escrever”: Conversações Filosóficas com JULIANO PESSANHA

“Le cri de Job chez Cioran : dialectique du dépouillement” (Lauralie Chatelet)

La brièveté, Unité de recherche en littérature, discours et civilisation, Nov 2017, Sfax, Tunisie. Alors que les formes brèves des moralistes classiques sont synonymes d’une maîtrise parfaite tant du signifiant que du signifié, faire bref au XXe siècle fait écho à la perception par le monde littéraire d’un échec du langage, d’une incomplétude essentielle d’ailleurs… Continue lendo “Le cri de Job chez Cioran : dialectique du dépouillement” (Lauralie Chatelet)

Breviário de decomposição e outras poéticas: Conversações Filosóficas com Caio Souto

  https://www.youtube.com/watch?v=9IawFlmgTf8&t=2s Nesta conversa, Rodrigo Inácio Ribeiro Sá Menezes fez uma didática exposição de diversos aspectos da obra de E.M. Cioran, filósofo romeno de expressão francesa (bilíngue) do século XX. O entrevistado é o criador do Portal E.M. Cioran Brasil (link abaixo). Rodrigo Inácio Ribeiro Sá Menezes é Bacharel em Publicidade e Propaganda pela FAAP… Continue lendo Breviário de decomposição e outras poéticas: Conversações Filosóficas com Caio Souto

An admiration of F. Scott Fitzgerald

HTMLGIANT - The Internet Literature Magazine Blog of the Future, April 12th, 2013 Anathemas and Admirations by E. M. Cioran Arcade Publishing, Nov 2012 272 pages / $14.95 E.M. Cioran’s work indicates the caustic philosophical consequences of sleepless rumination upon insignificance and failure. It is thick with anxiety, but retains buoyancy, the sick humour of… Continue lendo An admiration of F. Scott Fitzgerald

“La vie en prose”: a prosa como gênero ideal para uma comunhão de almas dilaceradas

Au lecteur, C'est ici un livre de bonne foi, lecteur. Il t'avertit, dés l'entrée, que je ne m'y suis proposé aucune fin, que domestique et privée. Je n'y ai eu nulle considération de ton service, ni de ma gloire. Mes forces ne sont pas capables d'un tel dessein. Je l'ai voué à la commodité particulière… Continue lendo “La vie en prose”: a prosa como gênero ideal para uma comunhão de almas dilaceradas