110 anos do nascimento (08/04/1911): tertúlia com Leobardo Villegas sobre gnosticismo, ceticismo, mística e ateísmo em Cioran

“Todos os niilistas se debateram com Deus. Uma prova a mais de sua proximidade com o nada. Após ter demolido tudo, só te resta agora esgotar essa última reserva do nada.”“A paixão do absoluto em uma alma cética! Um sábio enxertado em um leproso!”Lacrimi şi sfinţi https://www.youtube.com/watch?v=6eB1kPfUtY8 Em 08 de abril de 2021, completam-se 110… Continue lendo 110 anos do nascimento (08/04/1911): tertúlia com Leobardo Villegas sobre gnosticismo, ceticismo, mística e ateísmo em Cioran

Frederico Nietzsche (Renato Almeida)

Cad. Nietzsche, São Paulo, v.36 n.1, p. 187-195, 2015. Resumo: Artigo publicado no diário carioca A Manhã, em 1944.* Tal como outros editados no mesmo ano, vem a público a propósito da celebração do centenário de nascimento do filósofo. Alegando certo irracionalismo e misticismo na obra de Nietzsche, o autor procura associar sua obra à… Continue lendo Frederico Nietzsche (Renato Almeida)

“Misticismo ateu” – John GRAY

"Tentarei de novo dizer o indizível, expressar com palavras pobres o que tenho de dar aos devotos infiéis do misticismo nominalista, do misticismo cético [...] O mundo não existe duas vezes. Nao existe um Deus separado do mundo, nem um mundo separado de Deus. Esta convicção tem sido chamada de panteísmo. [...I Por que não?… Continue lendo “Misticismo ateu” – John GRAY

“Cuando pienso en Dios no soy: el misticismo de Cioran” (Manuel Pacheco)

Lágrimas y santos no es la mejor obra para iniciarse en Cioran, pero sí un buen ejemplo de su carácter y estilo, lleno de aforismos sobre la muerte, el suicidio, Dios o la música. LETRAS LIBRES, México, 26 febrero 2018 La virtud de Emil Cioran (Răşinari, Rumanía, 1911 - París, 1995) es todo lo contrario al… Continue lendo “Cuando pienso en Dios no soy: el misticismo de Cioran” (Manuel Pacheco)

“Né con Dio, né senza Dio. Cioran, il mistico” (Massimo Carloni)

Il cielo grigio senza nuvola  costeggia l’aria grigia senza fine  di coloro che non sono né per Dio né per i suoi nemici. Beckett In lotta con il divino «È religioso chi può dispensarsi dalla fede, ma non da Dio»[1]. Così Cioran, prima di congedarsi definitivamente dall’idioma romeno, quasi a prefigurare la personale lotta col… Continue lendo “Né con Dio, né senza Dio. Cioran, il mistico” (Massimo Carloni)

“The category of the religious in Cioran’s discourse” – Rodrigo MENEZES

ANALE SERIA DREPT, Universitatea Tibiscus, Timișoara, Romania, n° XXV, 2016, p. 49-80. Abstract: We aim at demonstrating the hermeneutic plausibility of reading Cioran as a heterodox religious thinker, a hypothesis that sits comfortably well alongside the assumption of him being a secular spirit–one with a concern for religious matters and an appeal for some ever-problematic… Continue lendo “The category of the religious in Cioran’s discourse” – Rodrigo MENEZES

“Apontamentos sobre o Enigma Gnóstico” – Marilia FIORILLO

REVER - Revista de Estudos da Religião, PUC-SP, março de 2008 Resumo: Desde a divulgação, no final dos anos 70, da Biblioteca de Nag Hammadi (BNH), os estudos sobre o gnosticismo, especialmente o cristão, tiveram destaque na discussão acadêmica. Este artigo, cujo referencial teórico são as obras de Hans Jonas e E.R. Dodds, trata da… Continue lendo “Apontamentos sobre o Enigma Gnóstico” – Marilia FIORILLO