“O Silêncio que você é” – PAPAJI

“Não há salvação possível fora da imitação do silêncio. Mas nossa loquacidade é pré-natal. Raça de tagarelas, de espermatozoides verbosos, estamos quimicamente ligados à Palavra.”CIORAN https://www.youtube.com/watch?v=0Rq7-Upm6YY Papaji, ou Sri H.W.L. Poonja, (1910 - 1997), foi discipulo de Ramana Maharshi e mestre de Mooji. Ensinou a auto-inquirição (Atma-Vichara) que envolvia localizar o senso de "eu", focando apenas nisso, através de… Continue lendo “O Silêncio que você é” – PAPAJI

“There Will Never Be a Peaceful World Until You Are Peaceful” (Mooji)

And since most of us are never peaceful, though pretending that we are, hiding the war inside, we lie to ourselves and we lie to the world. A "better world" of liars would be even worse than this one. It's like Dostoevsky's "Dream of a Ridiculous man"... It's either a revolution of the soul, or… Continue lendo “There Will Never Be a Peaceful World Until You Are Peaceful” (Mooji)

Atman e Anatman no pensamento de Cioran: entre a imortalidade e a mortalidade – Rodrigo MENEZES

Uma das melhores autodefinições do pensamento e da obra de Cioran encontra-se em A tentação de existir, numa caracterização feita não sobre si mesmo, mas sobre Nietzsche: segundo ele, "Nietzsche é uma soma de atitudes, e é rebaixá-lo querer buscar nele uma vontade de ordem, uma preocupação de unidade. Cativo de seus humores, ele registrou… Continue lendo Atman e Anatman no pensamento de Cioran: entre a imortalidade e a mortalidade – Rodrigo MENEZES