“Do bom uso de Cioran” – François BOTT

La Nouvelle Revue Française, nr. 368, setembro de 1983 Os grandes escritores nos dão todas as cartas. Eles nos dão uma “mão” generosa, jogam um “straight flush”.[1] Cabe a nós então jogar, ter cuidado com o destino e com nós mesmos, com as astúcias do adversário que se dissimula em nossos pensamentos, com a pretensão… Continue lendo “Do bom uso de Cioran” – François BOTT

“Êxtase, não-saber e experiências interiores: um diálogo inaudito entre Cioran e Bataille” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

Conhece-se um autor ou uma autora não apenas pela leitura da sua obra, também -- indiretamente, por uma espécie de détour -- pela maneira como ele ou ela se insere no seu contexto histórico e sócio-cultural, o qual pode ser delimitado de forma mais ou menos ampla (uma tribo, um país, um continente, um planeta),… Continue lendo “Êxtase, não-saber e experiências interiores: um diálogo inaudito entre Cioran e Bataille” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

“O comandante do cômico e seu ativo segundo” (Clément Rosset)

« Le commandant du comique et son actif second », in : TACOU, Laurence; PIEDNOIR, Vincent (orgs.), Cahier de l’Herne Cioran. Paris : Éditions de l’Herne, 2009, p. 372-3. "Um dia eu lhe disse: 'Sabe, Cioran, eu penso exatamente o contrário do que você pensa. E, no entanto, não há sequer uma de suas frases com as… Continue lendo “O comandante do cômico e seu ativo segundo” (Clément Rosset)

Inédits de Cioran : Les lettres confisquées par la Securitate en exclusivité

Le Petit Journal, 6 mars 2018 Aujourd'hui, LePetitJournal.com de Bucarest est très fier de vous annoncer la sortie pour le 8 mars prochain de 6 lettres inédites du philosophe Emil Cioran envoyées à son ami et philosophe, Petre Tutea, autrefois confisquées par la Securitate (police communiste) et à présent publiées dans la revue la NRF… Continue lendo Inédits de Cioran : Les lettres confisquées par la Securitate en exclusivité

A insônia da razão (Caderno Mais! – 12/02/1995)

"Ser desconhecido é uma volúpia" (entrevista publicada no extinto suplemento cultural Mais!, da Folha de São Paulo, 12/02/1995) -- Fonte original Foi assim que consegui resolver o meu problema e tudo isso foi necessário para viver sem exercer uma profissão. Mas tudo isso acabou, os moços, hoje, não têm mais essa possibilidade. Tem moços que vêm… Continue lendo A insônia da razão (Caderno Mais! – 12/02/1995)

Interview de Simone Boué par Norbert Dodille

Simone Boué et Norbert Dodille, “Interview de Simone Boué par Norbert Dodille” dans Lectures de Cioran, Paris, L’Harmattan, 1997, p. 11-41 [Dodille.fr] Sans l’affectueuse pression de Marie-France Ionesco, il m’aurait été impossible de parvenir à arracher cette interview à Simone Boué qui s’y montrait extrêmement réticente. Cette interview est en effet la seule qu’elle ait jamais… Continue lendo Interview de Simone Boué par Norbert Dodille

“La Historia, un tema obsesivo en la obra de Cioran” (Ángel González García)

El País, 5 de Mayo de 1976 Con un título, Contra la Historia, que parece inequívocamente sugerencia del propio Cioran, y así se nos declara en la contraportada, publica Esther Seligson un conjunto de artículos y aforismos de este escritor rumano, espigados unos de aquellos de sus libros que aún permanecen inéditos en España Histoire… Continue lendo “La Historia, un tema obsesivo en la obra de Cioran” (Ángel González García)