“Obsessão do Essencial”: navegação temerária, naufrágio e horizontes de libertação em Cioran

"E il naufragar m'è dolce in questo mare"LEOPARDI, "L'Infinito" Para dar voz às suas experiências capitais e às suas “obsessões essenciais”, Cioran amiúde recorre a metáforas religiosas e míticas, a uma linguagem mística e/ou metafísica: “Queda” (no tempo, do tempo), “despertar” (éveil), “êxtase da existência pura, das raízes imanentes da vida”,[1] “êxtase como exaltação na… Continue lendo “Obsessão do Essencial”: navegação temerária, naufrágio e horizontes de libertação em Cioran

A libertação necessária e (im)possível: a tragédia humana tem redenção, segundo Cioran?

"Ceder, em meio aos nossos males, à tentação de crer que não nos terão servido para nada, que sem eles estaríamos infinitamente mais avançados, é esquecer o duplo aspecto da doença: aniquilação e revelação; ela só nos arranca às nossas aparências para melhor nos abrir à nossa realidade última, e às vezes ao invisível." CIORAN,… Continue lendo A libertação necessária e (im)possível: a tragédia humana tem redenção, segundo Cioran?

“Festa para o pessimista”: 110 anos do nascimento de Cioran (1911-2021)

Completaram-se, em 8 de abril de 2021, 110 anos do nascimento daquele que passou a vida caluniando a vida e a morte, o nascimento e a existência, Deus e o mundo, tudo e nada e, é claro, a si mesmo. "Pensar contra si" foi o seu programa. Só pensava, só se metia a filosofar quando… Continue lendo “Festa para o pessimista”: 110 anos do nascimento de Cioran (1911-2021)

Aforismos & textos comentados: “Adeus à filosofia”

Em homenagem ao aniversário de 25 anos do falecimento do filósofo (8 de abril de 1911 - 20 de junho de 1995) https://www.youtube.com/watch?v=l1J5R6_5wvE Trata-se de uma leitura aprofundada e expandida, crítica e comentada, do texto de Cioran intitulado “Adeus à filosofia”, parte integrante do Breviário de decomposição, seu primeiro livro escrito em francês, uma vez… Continue lendo Aforismos & textos comentados: “Adeus à filosofia”

Aforismos & textos comentados: “Obsessão do Essencial”

  Todos os itinerários para fora do mundo reconduzem de volta a ele: o centrífugo é centrípeto. O tema desta primeira vídeo-análise de aforismos & textos de Cioran é "Obsessão do Essencial", um texto-chave importantíssimo no conjunto do Breviário de decomposição, livro de estreia em francês do autor de origem romena, pois uma chave de… Continue lendo Aforismos & textos comentados: “Obsessão do Essencial”

“Filosofia indumentária” (E.M. Cioran)

Com que ternura e com que inveja se voltam meus pensamentos para os monges do deserto e para os cínicos! Abjeção de dispor do menor objeto: esta mesa, esta cama, estas roupas… O traje interpõe-se entre nós e o nada. Olhe seu corpo em um espelho: compreenderá que é mortal; passe seus dedos sobre as… Continue lendo “Filosofia indumentária” (E.M. Cioran)

Perfeccionismo, “Obsessão do Essencial” e a condição fragmentária (Cioran)

Nos Cahiers (p. 73), estas 2 anotações, uma seguida da outra: Chercher l'être avec des mots!- Tel est notre donquichottisme, tel est le délire de notre entreprise essentielle. [Buscar o ser com palavras! -- tal é o nosso donquixotismo, tal é o delírio de nossa empresa essencial.] Si jamais mortel a été tourmenté, supplicié par… Continue lendo Perfeccionismo, “Obsessão do Essencial” e a condição fragmentária (Cioran)

“Do Conhecimento Religioso: sobre um texto de juventude e sua repercussão na obra posterior” – Rodrigo Inácio R. SÁ MENEZES

Além de um sentimento fundamental da existência, a categoria do religioso designa também um tipo especial de conhecimento, aquele que mais importa para Cioran. Num artigo publicado na Revista Teologică (1932), "A estrutura do conhecimento religioso", o jovem estudante de filosofia na Universidade de Bucareste faz a crítica do racionalismo e afirma a “preeminência do… Continue lendo “Do Conhecimento Religioso: sobre um texto de juventude e sua repercussão na obra posterior” – Rodrigo Inácio R. SÁ MENEZES

“Para os mais sós” (Emil Cioran)

PARA OS MAIS SÓS. Me dirijo a vós, a todos os que conheceis até onde pode chegar a solidão do homem, até onde a tristeza de ser pode obscurecer a vida e o tremor do ser sacudir este mundo. E o faço mais para unir nossas solidões do que para saber o que eu também estou… Continue lendo “Para os mais sós” (Emil Cioran)

“Obsessão do Essencial” (E.M. Cioran)

QUANDO TODA INTERROGAÇÃO parece acidental e periférica, quando o espírito busca problemas sempre mais vastos, acontece que em seu avanço já não tropeça em nenhum objeto, apenas no obstáculo difuso do Vazio. Desde então, o impulso filosófico, exclusivamente voltado para o inacessível, expõe-se à falência. Quando examina as coisas e os pretextos temporais, impõe-se preocupações… Continue lendo “Obsessão do Essencial” (E.M. Cioran)