“O bigode de Nietzsche” – Ciprian VĂLCAN

Quem quiser explorar a história do bigode de Nietzsche terá à disposição inúmeras fontes interessantes, camufladas em várias fotografias (deixamos de fora da investigação os retratos pintados por Köselitz, Stoeving, Olde ou Munch, para não incomodar os nossos contemporâneos apressados). Nem sequer precisa consultar os diários dos contemporâneos de Friedrich, seguir as suas anotações, vasculhar… Continue lendo “O bigode de Nietzsche” – Ciprian VĂLCAN

“A escola de Schopenhauer em seus sentidos lato e estrito: entre apóstolos, evangelistas, metafísicos, heréticos, os pais da igreja e as mulheres” – Felipe DURANTE

Sofia (UFES), vol. 6, n. 1 (2017): Dossiê Ética e Política RESUMO: Este artigo tem por objetivo apresentar o trabalho de recuperação e sistematização histórico-crítica da recepção e dos desdobramentos da filosofia schopenhaueriana na história dafilosofia. Tal empreitada foi levada a cabo pelo Centro interdipartimentale di ricerca su Arthur Schopenhauer e la sua scuola dell'Università… Continue lendo “A escola de Schopenhauer em seus sentidos lato e estrito: entre apóstolos, evangelistas, metafísicos, heréticos, os pais da igreja e as mulheres” – Felipe DURANTE