“Religião, política e o barbarismo da razão” – John GRAY

O que doutrinas políticas que rejeitam as crenças religiosas podem ter em comum com a religião de maneira geral? Para o filósofo político John Gray, a ideia de salvação oferecida pelo marxismo e pelo liberalismo, por exemplo, foi herdada do pensamento monoteísta. O pensador inglês destaca a importância de se manter o que ele acredita… Continue lendo “Religião, política e o barbarismo da razão” – John GRAY

Aforismos & textos comentados: “Adeus à filosofia”

Em homenagem ao aniversário de 25 anos do falecimento do filósofo (8 de abril de 1911 - 20 de junho de 1995) https://www.youtube.com/watch?v=l1J5R6_5wvE Trata-se de uma leitura aprofundada e expandida, crítica e comentada, do texto de Cioran intitulado “Adeus à filosofia”, parte integrante do Breviário de decomposição, seu primeiro livro escrito em francês, uma vez… Continue lendo Aforismos & textos comentados: “Adeus à filosofia”

“Um estranho nos bastidores” – John GRAY

O santo padroeiro do humanismo é uma figura enigmática. Não temos como saber como era de fato Sócrates, já que a imagem que dele temos foi moldada por Platão. O fundador da filosofia ocidental pode ter sido um sofista que, em vez de aceitar que nada sabia, acreditava nada haver que valesse a pena saber;… Continue lendo “Um estranho nos bastidores” – John GRAY

“A estrutura do conhecimento religioso” – CIORAN

Publicado em Revista Teologică [Structura cunoașterei religioase], fevereiro-março de 1932. In: CIORAN, Emil, Solitude et destin. Paris: Arcades/Gallimard, 2004, pags. 66-73. Trad. de Rodrigo Menezes. Há algumas décadas, postular o problema do conhecimento religioso teria parecido não apenas inapropriado, mas inclusive injustificado, pois se admitia como válido apenas um tipo de conhecimento, cujos elementos precisamente… Continue lendo “A estrutura do conhecimento religioso” – CIORAN

Adictos al éxito

En Los bastardos de Voltaire (editorial Andrés Bello), John Ralston Saul sostiene que el racionalismo triunfante privilegia el poder en detrimento de la razón y de la solidaridad. El pensador argentino comenta la obra del canadiense y rastrea sus fuentes. Por Santiago Kovadloff -- Para La Nacion- Buenos Aires, 1998 ¿DIAGNOSTICO sombrío? ¿Pronóstico apocalíptico? ¿Cómo… Continue lendo Adictos al éxito