“Deus morreu, e agora?” (Anselmo Borges)

Diário de Notícias, 11 de junho de 2015 1.Volto muitas vezes a esse sublime e abissal texto, pavoroso, um dos grandes da grande literatura alemã, que Jean Paul, pseudónimo de Johann Paul Friedrich Richter, escreveu em 1796: "Rede des toten Christus vom Weltgebäude herab, dass kein Gott sei" ("Discurso do Cristo morto, a partir do… Continue lendo “Deus morreu, e agora?” (Anselmo Borges)