« Paléontologie », de Le Mauvais Démiurge (1969): leitura comentada – Rodrigo Menezes

Live tertúlia no YouTube sobre um importantíssimo ensaio deste livro ainda inédito em língua portuguesa, Le mauvais démiurge (1969). Data: 27/11/2021Horário: 19h00 (BRA) O Caderno de Talamanca, escrito em 1966 durante uma temporada de férias na Espanha, antecipa algumas das ideias de Le mauvais démiurge e, particularmente, de "Paleontologia": "Redenção: pelo conhecimento, pela ultrapassagem do… Continue lendo « Paléontologie », de Le Mauvais Démiurge (1969): leitura comentada – Rodrigo Menezes

“Dos males, qual o pior? Acaso trágico e fatalismo gnóstico em Clément Rosset e Emil Cioran” – Rodrigo Inácio R. Sá Menezes

Clément Rosset critica Georges Bataille, em sua Lógica do pior (1971), por supostamente mistificar o saber trágico e a consciência trágica, dando a entender que seriam o apanágio de um seleto grupo de intelectuais iluminados (a começar por Bataille, provoca Rosset), graças a um suposto "despertar" espiritual que nem todos os mortais podem ter. Esta… Continue lendo “Dos males, qual o pior? Acaso trágico e fatalismo gnóstico em Clément Rosset e Emil Cioran” – Rodrigo Inácio R. Sá Menezes

A libertação necessária e (im)possível: a tragédia humana tem redenção, segundo Cioran?

"Ceder, em meio aos nossos males, à tentação de crer que não nos terão servido para nada, que sem eles estaríamos infinitamente mais avançados, é esquecer o duplo aspecto da doença: aniquilação e revelação; ela só nos arranca às nossas aparências para melhor nos abrir à nossa realidade última, e às vezes ao invisível." CIORAN,… Continue lendo A libertação necessária e (im)possível: a tragédia humana tem redenção, segundo Cioran?

“GHOSTEEN, de Nick Cave: repetição, redenção, palingênese musical”

https://www.youtube.com/watch?v=qe7E745dqts&t=428s "O amor da recordação é o único feliz", escreve Kierkegaard em A Repetição (1843), acrescentando: "Nisso tem também inteira razão, se nos recordarmos de que primeiro faz um homem infeliz. O amor da repetição é na verdade o único feliz. Tal como o da recordação, não tem a inquietação da esperança, não tem a… Continue lendo “GHOSTEEN, de Nick Cave: repetição, redenção, palingênese musical”

“Um pensamento religioso heterodoxo: Cioran gnóstico”

https://www.youtube.com/watch?v=bUJ1cNVCmu8 "Ninguém pode tornar claro em que consiste a qualidade ou o valor de um sentimento a quem nunca o tenha experimentado. É preciso ter ouvidos musicais para saber o valor de uma sinfonia; é preciso ter estado apaixonado para entender o estado de espírito de um amante. Na faltado coração ou do ouvido, não… Continue lendo “Um pensamento religioso heterodoxo: Cioran gnóstico”

De Maistre, Baudelaire, and Original Sin: between Tyranny and Heresy as Radical Liberty (Joseph Acquisto)

"Freedom is the supreme good only for those animated by the will to heresy." Cioran, Syllogismes de l'amertume * The high stakes of any modern or contemporary discussion of original sin immediately become apparent: quickly divorced from questions of belief, original sin becomes the base of a political theology that veers toward tyranny. The authoritarian conclusions fall back, however,… Continue lendo De Maistre, Baudelaire, and Original Sin: between Tyranny and Heresy as Radical Liberty (Joseph Acquisto)

“O Pessimismo Filosófico de Schopenhauer e Nietzsche” (Flamarion Caldeira Ramos)

https://www.youtube.com/watch?v=8P8YK5IE7Mw&t=35s O pessimismo encontrou seu espaço na filosofia com Schopenhauer e Nietzsche. Hoje, Flamarion Caldeira abre esse panorama e questiona como e por que, aqui na Casa do Saber.

Resenha de “Schopenhauer, niilismo e redenção”, de Eli Vagner Francisco Rodrigues – Cláudia Franco Souza

VOLUNTAS - Estudos sobre Schopenhauer, vol. no. 1, 2017 Livro: RODRIGUES, Eli Vagner Francisco. Schopenhauer, niilismo e redenção. Campinas: Editora Phi, 2017. 143 p. Resenha: Cláudia Franco Souza, pós-doutoranda em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP), bolsista FAPESP. A partir do século XIX o niilismo se torna um tema central da histo ria da… Continue lendo Resenha de “Schopenhauer, niilismo e redenção”, de Eli Vagner Francisco Rodrigues – Cláudia Franco Souza

“Pascal: condição trágica e liberdade” – Franklin Leopoldo e Silva

Cad. Hist. Fil. Ci., Campinas, Série 3, v. 12, n. 1-2, p. 339-356, jan.-dez. 2002. Resumo: A liberdade, embora se enraíze na perfeição originária da criatura humana, veio, pelo pecado e pela condição corrompida, a tornar-se a expressão do homem separado de si mesmo, porque já na sua primeira ação livre o homem repudiou a… Continue lendo “Pascal: condição trágica e liberdade” – Franklin Leopoldo e Silva

“Do Conhecimento Religioso: sobre um texto de juventude e sua repercussão na obra posterior” – Rodrigo Inácio R. SÁ MENEZES

Além de um sentimento fundamental da existência, a categoria do religioso designa também um tipo especial de conhecimento, aquele que mais importa para Cioran. Num artigo publicado na Revista Teologică (1932), "A estrutura do conhecimento religioso", o jovem estudante de filosofia na Universidade de Bucareste faz a crítica do racionalismo e afirma a “preeminência do… Continue lendo “Do Conhecimento Religioso: sobre um texto de juventude e sua repercussão na obra posterior” – Rodrigo Inácio R. SÁ MENEZES