“Mário de Sá-Carneiro (1890-1916)”: homenagem de Fernando PESSOA

Quando Antero de Quental suicidou-se, em 11 de setembro de 1891, Mário de Sá-Carneiro tinha apenas um ano e cinco meses de idade, de modo que aquele gesto radical, considerado lendário no mundo literário português, não chegou a marcá-lo diretamente. Em compensação, quando o seu melhor amigo, Tomás Cabreira Júnior, com quem escrevera a peça… Continue lendo “Mário de Sá-Carneiro (1890-1916)”: homenagem de Fernando PESSOA