“Os loucos de Cioran” – Ciprian VĂLCAN

Além da paixão entomológica com a qual registra todos os retratos dos loucos que encontra, Cioran dedica numerosas reflexões no sentido de apreender  as características da doença mental. Se o seu temor da loucura é decifrável sobretudo a partir dos fragmentos de temática intimista presentes nos Cahiers, que Cioran nunca cogitou publicar, há numerosas outras… Continue lendo “Os loucos de Cioran” – Ciprian VĂLCAN

Liliana Herrera, por Ciprian Vălcan: uma homenagem romena no Brasil

Espacio M. Liliana Herrera A. 🇨🇴

A revista brasileira Humanitas, dedicada à filosofia, ciências humanas e cultura em geral, dedicou em seu último número – sob os auspícios e a diligência de Cristina Almeida, a editora da revista – algumas de suas páginas em homenagem a Liliana Herrera.

Graças a este perfil filosófico e literário, de Ciprian Vălcan, publicado em uma revista de circulação nacional e de longo alcance, muitos brasileiros terão a oportunidade de saber quem foi Liliana Hererera (1960-2019), a medida desmedida de sua importância intelectual, cultural e acadêmica, não apenas na Colômbia, e também de abordar Cioran pelos olhos (e pelo coração) de sua correspondente colombiana.


La revista brasileña Humanitas, dedicada a la filosofía, las humanidades y la cultura en general, dedicó en su último número —bajo el auspicio y la diligencia de Cristina Almeida, editora de la revista— algunas de sus páginas en honor a Liliana Herrera (1960-2019).

Gracias a…

Ver o post original 2.084 mais palavras

“O crânio de Descartes” (Ciprian Vălcan)

HUMANITAS, n. 139, ano XIV, 2020.[1] Texto de Ciprian Vălcan [2] trad. do romeno por Rodrigo Inácio R. Sá Menezes. [PDF] Musée de l’Homme, 13 de abril de 2003. Na primavera de 2003, eu estava em Paris por alguns meses, trabalhando na minha tese de doutorado na École Pratique des Hautes Études. De segunda a… Continue lendo “O crânio de Descartes” (Ciprian Vălcan)