A transparĂȘncia destrĂłi a confiança: um paradoxo – Byung-Chul HAN

Frente ao progresso irrefreĂĄvel das tĂ©cnicas de supervisĂŁo, o futurista David Brin assevera a fuga para frente, exigindo a supervisĂŁo de todos por todos; portanto, uma democratização da supervisĂŁo. A partir daĂ­ ele tem esperança de criar uma transparent society. Desse modo, postula um imperativo categĂłrico: “Can we stand living exposed to scrutiny, our secrets… Continue lendo A transparĂȘncia destrĂłi a confiança: um paradoxo – Byung-Chul HAN

Publicidade

“Sociedade da intimidade” – Byung-Chul HAN

O sĂ©culo XVIII Ă© caracterizado como theatrum mundi, no qual o espaço pĂșblico Ă© equiparado a um palco. A distĂąncia cĂȘnica impede o contato imediato entre corpos e almas. O teatral Ă© contraposto ao tĂĄctil, pois atravĂ©s de formas e sinais rituais comunica-se aquilo que pesa sobre a alma. Na Modernidade, renuncia-se cada vez mais… Continue lendo “Sociedade da intimidade” – Byung-Chul HAN