Filosofia da Animalidade, Vitalismo e Mortalismo, Cioran na Argentina e o “Nada Sulamericano”: em diĂĄlogo com Gustavo Romero (Argentina)

A terceira live tertĂșlia de 2021, realizada em 28 de maio e transmitida no YouTube, contou com a presença de Gustavo Romero, filĂłsofo e professor da Universidad de Buenos Aires (UBA) https://www.youtube.com/watch?v=l4vjoZiGGbI&t=5411s AlĂ©m dos comentĂĄrios contextuais e metateĂłricos acerca da recepção da obra de Cioran na Argentina, dentro e fora da Academia, Gustavo teceu importantes… Continue lendo Filosofia da Animalidade, Vitalismo e Mortalismo, Cioran na Argentina e o “Nada Sulamericano”: em diĂĄlogo com Gustavo Romero (Argentina)

Cioran e o “Nada sulamericano”, a fascinação do Tango e a Filosofia como desfascinação: Live TertĂșlia com Gustavo ROMERO (Argentina)

Cioran manteve estreitas ligaçÔes intelectuais e afetivas com a Argentina, entre outros paĂ­ses nas periferias da Europa, de onde ele nunca saiu (diferentemente de Camus e outros). Fez amizade com Ernesto Sabato, que o visitava em Paris, e que dedicaria um capĂ­tulo em sua autobiografia, Antes do Fim, Ă  memĂłria do amigo romeno. No seu… Continue lendo Cioran e o “Nada sulamericano”, a fascinação do Tango e a Filosofia como desfascinação: Live TertĂșlia com Gustavo ROMERO (Argentina)

“O PrincĂ­pio de Crueldade” – ClĂ©ment ROSSET

IntĂ©rprete do pensamento trĂĄgico, ClĂ©ment Rosset defende a idĂ©ia de que toda realidade Ă© cruel. Essa â€œĂ©tica da crueldade” se baseia em dois princĂ­pios que sĂŁo o objeto principal deste livro. O primeiro, o princĂ­pio de realidade suficiente: o real basta e dele nada escapa, posto que Ă© real. Cabe aos homens se contentar e… Continue lendo “O PrincĂ­pio de Crueldade” – ClĂ©ment ROSSET

“O DrĂĄcula do ceticismo” (SĂ©rgio Augusto)

O Estado de S. Paulo, 9 de abril de 2011 Misantropos e descrentes do mundo inteiro!, aproximem-se para celebrarmos juntos, com um dia de atraso, o centenĂĄrio de Emil Cioran, o Ășltimo agente provocador da filosofia, o mais desconcertante e divertido dos cĂ©ticos, o mais fulgurante militante do pessimismo, o mais implacĂĄvel profeta do niilismo,… Continue lendo “O DrĂĄcula do ceticismo” (SĂ©rgio Augusto)

Relato de um encontro: E.M. Cioran, por Ernesto SĂĄbato

Sobre estes e outros temas conversei longamente com Cioran, em uma tarde de 1989. Anos atrĂĄs me chegaram notĂ­cias do desejo que ele tinha de me conhecer; insistĂȘncia que interpretei como mensagens crĂ­pticas, reiteradas em distintas oportunidades. Combinamos um encontro em sua casa da rua OdeĂłn, a poucos passos do meu hotel no Boulevard Saint-Germain.… Continue lendo Relato de um encontro: E.M. Cioran, por Ernesto SĂĄbato