“Quousque eadem?” – CIORAN

A expressão latina, na forma de interrogação, remonta a Sêneca, em sua carta XXIV a Lucílio: "Quosdam subit eadem faciendi videndique satietas et vitae non odium sed fastidium, in quod prolamibur ipsa inpellente philosophia, dum dicimus: 'Quousque eadem? Nempe expergiscar dormiam, esuriam fastidiam, algebo aestuabo'" [Os outros também são movidos por uma saciedade de fazer… Continue lendo “Quousque eadem?” – CIORAN