“Self-Reliance or Mere Gnosticism” – Harold BLOOM

https://www.youtube.com/watch?v=b04zs6QHuWM I am to invite men drenched in Time to recover themselves and come out of time, and taste their native immortal air.– RALPH WALDO EMERSON https://www.youtube.com/watch?v=PLPazL-wcwM&t=4s If you seek yourself outside yourself, then you will encounter disaster, whether erotic or ideological. That must be why Ralph Waldo Emerson, in his  central  essay,  “Self-Reliance”  (1840),… Continue lendo “Self-Reliance or Mere Gnosticism” – Harold BLOOM

“Hipóstase dos Arcontes”: Secret Chiefs 3 e sua demiurgia musical

"Solidão do ódio… Sensação de um deus voltado para a destruição, pisoteando as esferas, babando sobre o céu e sobre as constelações…. de um deus frenético, sujo e malsão; um demiurgo ejaculando, através do espaço, paraísos e latrinas: cosmogonia de delirium tremens; apoteose convulsiva em que o fel coroa os elementos… As criaturas se lançam… Continue lendo “Hipóstase dos Arcontes”: Secret Chiefs 3 e sua demiurgia musical

“Hurqalya” – Harold BLOOM

The greatest Sufi authority on the Resurrection Body was Shaikh Ahmad Ahsa’i, who died in 1826, and who developed fundamental ideas of Avicenna, the great Persian philosopher of Islam in the eleventh century. Avicenna, in his “visionary recitals,” argued for what he called “the oriental philosophy,” a Hermetic angelology that posited a middle reality between… Continue lendo “Hurqalya” – Harold BLOOM

Gnose e imaginação poética, por Harold Bloom

Desejo acentuar aqui, no início, minha própria convicção de que é infrutífero literalizar ou descartar a experiência espiritual -- antiga, medieval ou contemporânea. Essa convicção é pragmática, e sigo William James no reconhecer as experiências religiosas importantes como autênticas diferenças: uma das outras e entre nós. Para muitos dos antigos, os fenômenos dos anjos, sonhos… Continue lendo Gnose e imaginação poética, por Harold Bloom

As pontes ecumênicas na poética de Rûmi: entrevista com Marco Lucchesi

Márcia Junges e Andriolli Costa - IHU On-line - Revista do Instituto Humanitas Unisinos O professor Marco Lucchesi reflete sobre a obra do místico sufi, considerado o maior dos poetas muçulmanos, e as relações que constrói a partir do cristianismo e do islã Para o professor Marco Lucchesi, historiador, literato e membro da Academia Brasileira de… Continue lendo As pontes ecumênicas na poética de Rûmi: entrevista com Marco Lucchesi

“Lágrimas e Santos, versão do diretor” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

A Joan M. Marín Todo leitor de Cioran sabe que um dos seus livros romenos, após Nos cumes do desespero (1934) e O livro das ilusões (1936) -- ambos traduzidos e publicados no Brasil --, é Lacrimi şi SfinÅ£i [Lágrimas e Santos], cronologicamente o terceiro título no conjunto da obra (publicado na Romênia em 1937). O que… Continue lendo “Lágrimas e Santos, versão do diretor” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)