“Poesia, tempo e história na obra de Octavio Paz” – Ival de Assis CRIPA

Revista Metalinguagens, v. 1, n. 2 (2014) RESUMO: Segundo Roger Chartier, no final do século XX, a crise dos paradigmas da historiografia oficial e seu culto ao progresso abriram um espaço representativo para o estudo da literatura como fonte histórica. Tal atitude exigiu uma atenção maior dos historiadores sobre as relações entre história e narrativa.… Continue lendo “Poesia, tempo e história na obra de Octavio Paz” – Ival de Assis CRIPA