“Trágico e silêncio” (Clément Rosset)

UM FILÓSOFO POUCO SUSPEITO de complacência para com o pensamento trágico, Jules Monnerot, reconhecia recentemente no fantasma do ''alhures" uma negação fundamental da tragédia: "Não há de uma parte o homem, e de outra parte forças exteriores ao homem, às quais ele também seria exterior. As forças 'exteriores', 'cósmicas', 'naturais' estão também em nós, (… Continue lendo “Trágico e silêncio” (Clément Rosset)

“O princípio de crueldade”(Clément Rosset)

"Hipocondria melancólica", observa Gérard de Nerval em um diário. "É um mal terrível: faz ver as coisas tais como são." Por "crueldade" do real entendo em primeiro lugar, é claro, a natureza intrinsecamente dolorosa e trágica da realidade. Não me estenderei sobre este primeiro sentido, mais ou menos conhecido de todos, e sobre o qual… Continue lendo “O princípio de crueldade”(Clément Rosset)

Filosofia trágica como crítica das ideologias (Clément Rosset)

Que se entende, realmente, por pensar? Que é passar do "impensado" ao pensamento? A essa questão uma única resposta: passar ao pensamento é falar, escrever, formular. Um exemplo característico dessa passagem é a redação de uma obra filosófica. Dir-se-á que antes de ser formulada a obra filosófica -- a Ética de Spinoza -- era "impensada"?… Continue lendo Filosofia trágica como crítica das ideologias (Clément Rosset)

“A força maior” – Clément ROSSET

"Os deuses ocultaram o que faz viver os homens." Hesíodo UMA DAS MARCAS mais seguras da alegria é, para empregar um qualitativo com ressonâncias desagradáveis sob vários aspectos, seu caráter totalitário. O regime da alegria é o do tudo ou nada: não há alegria senão total ou nula (e acrescentarei, antecipando o que virá a… Continue lendo “A força maior” – Clément ROSSET

“Adeus à Filosofia” (E.M. Cioran)

AFASTEI-ME DA FILOSOFIA no momento em que se tornou impossível para mim descobrir em Kant alguma fraqueza humana, algum acento de verdadeira tristeza; em Kant e em todos os filósofos. Comparada à música, à mística e à poesia, a atividade filosófica provém de uma seiva diminuída e de uma profundidade suspeita que guardam prestígios somente… Continue lendo “Adeus à Filosofia” (E.M. Cioran)

“Mihai Eminescu y Emil Cioran, o la nostalgia como sabiduría” (Pablo Javier Pérez López)

THÉMATA - Revista de Filosofía, no. 45, 2012. Resumen: Se propone un recorrido por la noción de Nostalgia presente en el pensamiento poético de Emil Cioran y Mihai Eminescu a través de la exploración de la dimensión ontológica de la Fatalidad y la Otredad que ésta alberga. Abstract: This paper tries to show a retrospective… Continue lendo “Mihai Eminescu y Emil Cioran, o la nostalgia como sabiduría” (Pablo Javier Pérez López)

“O Autômato” – E.M. CIORAN

Respiro por preconceito. E contemplo o espasmo das ideias, enquanto que o Vazio sorri a si mesmo... Não há mais suor no espaço, não há mais vida; a menor vulgaridade a fará reaparecer: basta um segundo de espera. Quando se percebe existir, experimenta-se a sensação de um demente maravilhado que surpreende sua própria loucura e… Continue lendo “O Autômato” – E.M. CIORAN

“O caos, o acaso e o trágico” (Jassanan Amoroso Dias Pastore)

IDE (São Paulo) vol.35 no.54 São Paulo jul. 2012 RESUMO: O trabalho discute a concepção de caos, de acaso e de trágico desde a Antiguidade Grega, passando pela filosofia trágica, até chegar à psicanálise. Palavras-chave: Caos, Acaso, Tragédia grega, Trágico, Filosofia trágica, Psicanálise. ABSTRACT: This paper considers the concept of chaos, hazard and tragic, from the Ancient Greece, passing through the tragic… Continue lendo “O caos, o acaso e o trágico” (Jassanan Amoroso Dias Pastore)

“In memoriam: Clément Rosset o la muerte de lo real” (Leobardo Villegas Mariscal)

 Universidad Autónoma de Zacatecas (UAZ), México, febrero 2009 “Como toda manifestación oracular, el pensamiento metafísico se funda en un rechazo casi instintivo de lo inmediato, bajo la sospecha de que lo inmediato sea de alguna manera el otro de sí mismo, o el doble de otra realidad”. Clément Rosset, Lo real y su doble Tres conferencias ha impartido el… Continue lendo “In memoriam: Clément Rosset o la muerte de lo real” (Leobardo Villegas Mariscal)

Émission : Entretien avec Clément Rosset (1961)

Entretien de Clément Rosset avec Pierre Dumayet et présentation de son livre La philosophie tragique. "Lectures pour tous", Office de Radiodiffusion Télévision Française, 1961. https://www.youtube.com/watch?v=JDcudFE_uBQ