Em busca de um “não-homem”: niilismo, anti-humanismo e mística negativa – Entrevista com Ştefan Bolea (Romênia)

Ştefan Bolea é pesquisador na Faculdade de Letras da Universidade Babeș-Bolyai de Cluj-Napoca, Romênia. Além disso, é editor da conceituada revista literária Apostrof, co-fundador e editor-chefe do e-zine cultural EgoPHobia (www.egophobia.ro). Ştefan Bolea obteve seu segundo doutorado summa cum laude em Literatura Comparada, em 2017 (após um primeiro em Filosofia, em 2012), com uma investigação… Continue lendo Em busca de um “não-homem”: niilismo, anti-humanismo e mística negativa – Entrevista com Ştefan Bolea (Romênia)

Publicidade

“I Am Not Supposed To Be Here: Birth and Mystical Detection” – Nicola MASCIANDARO

Black Sun Lit, May 16, 2014 “Take off your mask . . . Here! Here! We’re here! . . . It’s so good to see you all, I didn’t expect you . . . What are you doing here? Nothing . . . I am not supposed to be here . . . Don’t ever… Continue lendo “I Am Not Supposed To Be Here: Birth and Mystical Detection” – Nicola MASCIANDARO

“Literatura antipersonas: la conspiración de Thomas Ligotti” – Rubén Lardín

EL DIARIO, España, 20/03/2015 El último representante del pesimismo norteamericano venera a H. P. Lovecraft por encima de todas las cosas y acaba de estrenarse en castellano La conspiración contra la especie humana De Thomas Ligotti (Detroit, 1953) sabemos muy poco. Que su influencia mayor es H. P. Lovecraft. Que como hombre de bien rinde… Continue lendo “Literatura antipersonas: la conspiración de Thomas Ligotti” – Rubén Lardín

“Cioran e True Detective, ou a Grande Caça” – Rodrigo Menezes

Ora, um psicólogo, assim como entende o Sr. Nietzsche, é um wissenschaftlischer Mensch, cuja vocação consiste em produzir, extrair, criar saberes, até mesmo – e principalmente – de seus próprios estados, saudáveis e doentios. Sua curiosidade científica o impele, como um caçador, a percorrer o inteiro âmbito da alma humana, suas planícies, culminâncias e abismos,… Continue lendo “Cioran e True Detective, ou a Grande Caça” – Rodrigo Menezes