“Eugène Ionesco: o útil é um peso inútil” – Nuccio ORDINE

E, ao contrário, para uma humanidade que perdeu o sentido da vida, Eugène Ionesco dedica reflexões extraordinárias, hoje mais atuais do que nunca. Numa conferência proferida em fevereiro de 1961, diante de outros escritores, o grande dramaturgo reafirma em que grau a insubstituível inutilidade é necessária: Observem o ritmo alucinado das pessoas pelas ruas. Não… Continue lendo “Eugène Ionesco: o útil é um peso inútil” – Nuccio ORDINE