“Cioran e os caminhos do taoísmo” (Victoria Monteiro)

Colunas Tortas Embora a opção por seguir uma doutrina oriental seja apenas mais uma face de nossa avidez pelo absoluto, Cioran vê, no taoísmo, o ideal de sabedoria e libertação dos sofrimentos que decorrem da lucidez, sem contudo aderir a ele. O autor reconhece: trata-se de um ideal inatingível, já que é contrário à nossa… Continue lendo “Cioran e os caminhos do taoísmo” (Victoria Monteiro)

“Tempo, eternidade e tédio em Cioran” – Victória MONTEIRO

“Assim, não sabendo crer em Deus, e não podendo crer numa soma de animais, fiquei, como outros da orla das gentes, naquela distância de tudo a que se chama a Decadência. A Decadência é a perda total da inconsciência; porque a inconsciência é o fundamento da vida. O coração, se pudesse pensar, pararia. ”Fernando Pessoa… Continue lendo “Tempo, eternidade e tédio em Cioran” – Victória MONTEIRO