“Contra a História: a Odisseia gnóstica de Cioran” – Rodrigo MENEZES

Se tudo o que se concebeu e empreendeu desde Adão é ou suspeito ou perigoso ou inútil, que fazer? Dessolidarizar-se da espécie? Seria esquecer que nunca se é tão humano como quando se lamenta sê-lo. CIORAN, La Chute dans le temps (1964) Seriez-vous réac ? — Si vous voulez, mais dans le sens où Dieu… Continue lendo “Contra a História: a Odisseia gnóstica de Cioran” – Rodrigo MENEZES

Publicidade

“Um humanista radical: Cioran ou a virtude do pessimismo” – Entrevista com Carlos Javier González SERRANO

"O pessimista não diz que temos que sofrer, mas que devemos estar preparados para isso. Nesse sentido, o pessimista é um revolucionário: não quer deixar o mundo como está, mas também não cria falsas expectativas. Ele nos situa no mundo como espectadores privilegiados e muito realistas." Carlos Javier González Serrano O que se denomina "pessimismo"… Continue lendo “Um humanista radical: Cioran ou a virtude do pessimismo” – Entrevista com Carlos Javier González SERRANO