“Em busca da negatividade perdida: considerações sobre o papel dos ‘especialistas do suicídio’ e a tarefa da crítica literária” – Rodolfo Rorato LONDERO

Em seus Silogismos da amargura, Cioran apresenta o seguinte argumento: “Os românticos foram os últimos especialistas do suicídio. Desde então se improvisa… Para melhorar sua qualidade precisamosde um novo mal do século” (Cioran 2011a: 15). Na verdade, como mostra Han (2015), neste começo do século XXI, já temos uma infinidade de “doenças neuronais” que garante… Continue lendo “Em busca da negatividade perdida: considerações sobre o papel dos ‘especialistas do suicídio’ e a tarefa da crítica literária” – Rodolfo Rorato LONDERO

“Literatura e suicídio: alguns operadores de leitura” (Willian André)

Acta Scientiarum. Language and Culture, v. 40(2), 2018. RESUMO. O objetivo deste artigo é oferecer alguns possíveis operadores de leitura para o desenvolvimento de análises sobre a questão do suicídio na literatura. A proposta parte da constatação de que, apesar de o autoaniquilamento ser um tema recorrente em manifestações literárias das mais diversas épocas, parecemos… Continue lendo “Literatura e suicídio: alguns operadores de leitura” (Willian André)