“A filosofia no quarto de despejo” – Mauro TRINDADE

Revista Manchete, 15 de julho de 1995 E. M. Cioran, considerado o maior pensador de nosso tempo, vivia como um estudante pobre em Paris Depois de décadas a assombrar um sótão na rive gauche de Paris, o soturno e brilhante filósofo Emil Michel Cioran encerrou no dia 20 de junho passado sua brava lula contra… Continue lendo “A filosofia no quarto de despejo” – Mauro TRINDADE

Gnosticismo – Luiz Costa Lima

Folha de S. Paulo, 1 de agosto de 1999 A aproximação não estranhará quem recorde as constantes referências do escritor a Basílides, as eventuais a Carpócrates e a Valentino, bem como a nomeação direta da gnose e do gnosticismo na primeira fonte clássica de conhecimento da seita, o "Adversus Haereses", de Irineu. Ao fazê-las, Borges… Continue lendo Gnosticismo – Luiz Costa Lima

“Cioran: uma mente desconcertante” – Paulo Jonas Lima PIVA

Discutindo Filosofia, ano 1, nr. 2. Conhecido como filósofo do nada, o romeno Emil Cioran produziu uma obra carregada de fina ironia e tiradas polêmicas Muitas são as tentativas de definir o pensamento estilhaçado, iconoclástico e desconcertante do pensador romeno Emil Mihai Cioran. Rei dos pessimistas, o niilista por excelência do século XX, um Nietzsche… Continue lendo “Cioran: uma mente desconcertante” – Paulo Jonas Lima PIVA

“Emil Cioran: música e mística” – Thiago Perdigão

Diário Popular, 29 de outubro de 2020 Considerado pelo poeta Saint-John Perse como o prosador mais importante da língua francesa desde Paul Valéry, o filósofo romeno Emil Cioran (1911-1995) foi autor de dez obras em francês e cinco em língua romena, nas quais reflexões filosóficas são apresentadas por meio do paradoxo, da autoironia e do… Continue lendo “Emil Cioran: música e mística” – Thiago Perdigão

Entrevista: “A aliança estratégica de Sloterdijk” – Ciro KRAUTHAUSEN

O fascismo midiático nos EUA não é um risco. É algo que já está aí. Do ponto de vista da teoria dos meios de comunicação, o fascismo é o monotematismo no poder. Se uma opinião pública se estrutura de tal maneira que a uniformização aumenta demais, temos um sintoma pré-fascista.Peter Sloterdijk Folha de S. Paulo,… Continue lendo Entrevista: “A aliança estratégica de Sloterdijk” – Ciro KRAUTHAUSEN

“L’infinito tra poesia, filosofia e sentire” – Loretta MARCON

ORIZZONTI CULTURALI ITALO-ROMENI, n. 12, dicembre 2021, anno XI Quando parliamo di poesia pensante e di pensiero poetante di Leopardi, immediatamente si presentano alla nostra mente i versi di due particolari Canti: l’Infinito e il Canto notturno di un pastore errante.Il secondo appare immediatamente, nella sua luce lunare, poeticamente spietato nel suo realismo, perché intriso di domande… Continue lendo “L’infinito tra poesia, filosofia e sentire” – Loretta MARCON

“Siamo al culmine della storia della follia. Leopardi ci salverà. Forse”. Emanuele Severino in dialogo con Gianni Bonina

PANGEA NEWS, 22 Gennaio 2020 Nascere apparve nel 2005 da Rizzoli nella veste di un libro secondario ma già nel sottotitolo, “E altri problemi della coscienza religiosa”, adombrava una provocazione nell’intento mascherato di rinfocolare una polemica che aveva visto Emanuele Severino protagonista al tempo della legge sulla fecondazione. Ad ogni modo segnava una presa di… Continue lendo “Siamo al culmine della storia della follia. Leopardi ci salverà. Forse”. Emanuele Severino in dialogo con Gianni Bonina

“Cioran: désespoir, mode d’emploi” – Magazine Littéraire [PDF]

"Cioran - desespero, instruções de uso". A revista francesa Magazine Littéraire dedicou o seu número de de maio de 2011 a Emil Cioran, no centenário do seu nascimento. O dossiê, organizado por Maxime Rovere, intitulado Cioran - désespoir, mode d'emploi, apresenta diversos artigos sobre o filósofo romeno radicado na França. [PDF] Entre os autores relacionados,… Continue lendo “Cioran: désespoir, mode d’emploi” – Magazine Littéraire [PDF]

“Prix Rivarol 1950” – Ștefan BACIU

Diário Carioca, Rio de Janeiro, 3 de dezembro de 1950 Foi em Setembro de 1936 que entrou na nossa sala de aula um jovem professor de filosofia. Estavamos no último ano de estudos no célebre e antigo liceu em uma das mais lindas cidades de província, na Rumânia. Parece, porém, que um século da ruiva… Continue lendo “Prix Rivarol 1950” – Ștefan BACIU

“Poética do desencanto: ‘Movimentos portáteis’, de Reynaldo Damazio, e outros lançamentos” – Michaela Schmaedel

Revista Cult, 17 de agosto de 2021 Uma poética do desencanto. Esta poderia ser uma definição para o conjunto de poemas apresentado por Reynaldo Damazio em Movimentos Portáteis (editora Kotter), seu oitavo livro, lançado no ano pandêmico de 2020. Nos 76 poemas que compõem a obra, o poeta, editor e gestor cultural paulista de 57 anos lança… Continue lendo “Poética do desencanto: ‘Movimentos portáteis’, de Reynaldo Damazio, e outros lançamentos” – Michaela Schmaedel