“Lutero” – E. M. CIORAN

Ter fé não é tudo; importa ainda sofrê-la como uma maldição, ver em Deus um inimigo, um carrasco, um monstro e, todavia, amá-lo, projectando nele toda a. inumanidade de que dispomos, com que sonhamos… A Igreja fez de Lutero um ser pálido, degenerado, amável; Lutero protesta: Deus, sustenta ele, não é. o «tolo», nem o… Continue lendo “Lutero” – E. M. CIORAN

“Kierkegaard antimoderno, ou para uma tipologia (alternativa) da posição sociopolítica kierkegaardiana” – Gabriel Guedes ROSSATTI

Cadernos de Filosofia Alemã, USP, v. 20, n. 1, 2015, pp. 163-178 Resumo: Kierkegaard, não obstante ser geralmente reconhecido como um dos mais importantes pensadores do século XIX, ainda hoje sofre de interpretações muitas vezes distorcidas, tanto é que seu pensamento sociopolítico, mais especificamente, parece padecer bastante nas mãos de seus intérpretes, os quais muitas… Continue lendo “Kierkegaard antimoderno, ou para uma tipologia (alternativa) da posição sociopolítica kierkegaardiana” – Gabriel Guedes ROSSATTI

“Death withouth death: Kierkegaard and Cioran about agony” – Ştefan BOLEA

In: Adriana Teodorescu (Ed.), Death within the Text. Social, Philosophical and Aesthetic Approaches to Literature (pp.72-83). Cambridge Scholars Publishing, 2019. Abstract: The following paper is concerned with the description of “agony” at Kierkegaard and Cioran. Taking into consideration that both authors have common traits as marginal philosophers and advocates of a mixture of existentialism and… Continue lendo “Death withouth death: Kierkegaard and Cioran about agony” – Ştefan BOLEA

“Saturnine Constellations: Melancholy in Literary History and in the Works of Baudelaire and Benjamin” – Kevin GODBOUT

A thesis submitted in partial fulfillment of the requirements for the Doctor of Philosophy degree in Comparative Literature, 2016. Supervisor: Călin Mihăilescu, The University of Western Ontario Abstract: Aristotle famously asked the question: why are extraordinary people so often melancholics? “Problem XXX,” written by Aristotle or one of his disciples, speculates that black bile, the… Continue lendo “Saturnine Constellations: Melancholy in Literary History and in the Works of Baudelaire and Benjamin” – Kevin GODBOUT

Leitura comparada: “O caso Sartre”, “Sobre um empresário de ideias” – CIORAN

Como o próprio título indica, "Le cas Sartre" é um requisitório contra o mandarim do existencialismo francês, escrito na segunda metade da década de 1940, quando Cioran começava a redigir aquele que seria o seu livro de estreia como escritor de língua francesa: o Précis de décomposition (1949).  "O caso Sartre" seria posteriormente descartado, estando… Continue lendo Leitura comparada: “O caso Sartre”, “Sobre um empresário de ideias” – CIORAN

“The origin of Satan (introduction)” – Elaine PAGELS

In 1988, when my husband of twenty years died in a hiking accident, I became aware that, like many people who grieve, I was living in the presence of an invisible being—living, that is, with a vivid sense of someone who had died. During the following years I began to reflect on the ways that… Continue lendo “The origin of Satan (introduction)” – Elaine PAGELS

“La Conscience malheureuse” – Benjamin FONDANE

Société d'Études Benjamin Fondane Denoël,1936, rééd. Plasma,1979. Publié en 1936, La Conscience malheureuse réunit une série d'articles qui avaient paru dans diverses revues et qui subirent d'importantes modifications au moment où ils furent repris en volume. Ces essais consacrés à Nietzsche, à Gide, à Husserl, à Bergson, à Freud, à Kierkegaard, à Heidegger, à Chestov, furent perçus à… Continue lendo “La Conscience malheureuse” – Benjamin FONDANE

“Kafka e o universo do mascaramento: considerações sobre máscara e verdade” – Ciprian VĂLCAN

Revista Humanitas, nr. 149, março de 2022 Neste ensaio de Ciprian Vălcan recém-publicado na revista Humanitas (149), descobrimos que Cioran e Kafka têm muito em comum. Profundos psicólogos, como ademais Nietzsche, que não nutrem ilusões sobre o que há por detrás das máscaras que vestimos diariamente, tornando-se a nossa segunda pele (se não a primeira).… Continue lendo “Kafka e o universo do mascaramento: considerações sobre máscara e verdade” – Ciprian VĂLCAN

“Por uma suspensão teológico-política do ético” – Slavoj ŽIŽEK

Se no passado fingimos publicamente acreditar enquanto permanecíamos céticos na vida privada, ou ainda envolvidos na troça obscena de nossas crenças públicas, hoje tendemos publicamente a professar nossa atitude cética, hedonista e relaxada, enquanto na vida privada continuamos acossados pelas crenças e proibições severas. Nisso consiste, para Jacques Lacan, a consequência paradoxal da experiência de… Continue lendo “Por uma suspensão teológico-política do ético” – Slavoj ŽIŽEK

“Kafka y el problema de la verdad” – Ciprian VĂLCAN

Reflexiones Marginales, 30 noviembre 2021 (trad. de Miguel Angel Gomez Mendoza) Resumen: Según Kafka, el gran peligro que acecha a los hombres es la caída en el error, la aceptación pasiva de la opacidad del mundo. Se enfrentan a un doble obstáculo: primero, deben ir más allá del escudo protector de la ilusión que ampara… Continue lendo “Kafka y el problema de la verdad” – Ciprian VĂLCAN