A atualidade de Søren Kierkegaard | Revista IHU On-Line

IHU On-Line - Revista do Instituto Humanitas Unisinos, nr. 314, ano IX, 09/11/2009 Editorial Nos próximos dias 12 e 13 de novembro, realiza-se, na Unisinos, a segunda parte da JornadaArgentino-Brasileira de Estudos de Kierkegaard. Ela é antecedida, nos dias 9 e 10 de novembro,pelo evento que acontece em Buenos Aires. A atualidade do filósofo dinamarquês… Continue lendo A atualidade de Søren Kierkegaard | Revista IHU On-Line

Entrevista a Simona Constantinovici sobre el Diccionario de términos cioranianos 🇷🇴

"Solo a través del corazón sabemos que algo ha cambiado": en diálogo con Simona Constantinovici, coordinadora del Diccionario de términos cioranianos (Editura Universităţii de Vest/Criterion Editrice, 2020).“El Diccionario de términos cioranianos pretende ser una invitación a leer al filósofo de otra manera, a colocarlo en una luz que permita extraer los fascículos de la sustancia… Continue lendo Entrevista a Simona Constantinovici sobre el Diccionario de términos cioranianos 🇷🇴

Carlo Michelstaedter, um filósofo no “cume do desespero” – Gleiton Lentz (n.t.) Nota do Tradutor 🇧🇷

https://www.youtube.com/watch?v=yenb7b1yeQY&t=1s Uma aproximação entre o filósofo romeno e o filósofo italiano, destacando as coincidências biográficas e afinidades eletivas entre eles, em termos de estilo e de pensamento. Carlo Michelstaedter suicidou-se aos 23 anos, a mesma idade de Cioran ao escrever Nos Cumes do Desespero (1934); a defesa da tese de Michelstaedter sobre La persuasione e… Continue lendo Carlo Michelstaedter, um filósofo no “cume do desespero” – Gleiton Lentz (n.t.) Nota do Tradutor 🇧🇷

Exilados inconvenientes e habitantes do estilo: Emil Cioran e Lima Barreto – Rodrigo Adriano Machado 🇧🇷

https://www.youtube.com/watch?v=F_I-D90JLs8&list=PLxUGladvZCEGR6wshOGeWCf7cEWlzUL9q&index=27 O exílio é um termo que denota mais do que um afastamento no plano geográfico e psicossocial: imposto por questões externas — perseguição política ou marginalização cultural — ou auto imposto por necessidades internas de um indivíduo procurando se preservar. É também, como trataremos de investigar no decorrer do ensaio, um lugar existencial que… Continue lendo Exilados inconvenientes e habitantes do estilo: Emil Cioran e Lima Barreto – Rodrigo Adriano Machado 🇧🇷

Terrorismos Metafísicos de Lautréamont e Cioran – Lucas C. Almeida Rocha 🇧🇷

https://www.youtube.com/watch?v=vTWptw6PWM8&t=739s Há quem diga que, para muito além da Filosofia, há em Cioran uma certa poética. Sua obra não se sustenta unicamente em sua temática, mas também na estética na qual ela se funda. Em decorrência da complexidade estilística e formal de sua prosa, somos obrigados a não posicionar este vampiro do Paradoxo meramente ao… Continue lendo Terrorismos Metafísicos de Lautréamont e Cioran – Lucas C. Almeida Rocha 🇧🇷

“Um exílio melancólico: Cioran, Pessoa e a nostalgia” – Paolo VANINI | Università di Trento 🇮🇹

https://www.youtube.com/watch?v=e_sMR4V46xM Texto apresentado no âmbito do Colóquio Internacional Liliana Herrera em torno de Cioran (15/10/2021). Um exílio melancólico: Cioran, Pessoa e a nostalgia[1], de Paolo Vanini[2] Resumo: Este artigo visa investigar a relação entre nostalgia, solidão e ceticismo no pensamento de Emil Cioran. Em primeiro lugar, examinaremos como os conceitos de Sehnsucht, Saudade e Dor… Continue lendo “Um exílio melancólico: Cioran, Pessoa e a nostalgia” – Paolo VANINI | Università di Trento 🇮🇹

“Cioran no desastre” – Efrén Sánchez Ranulfo

Resumo: Trata-se de uma leitura de Cioran em torno do confinamento provocado pela atual pandemia. Refletirei sobre a pergunta: por que é reconfortante ler Cioran em meio ao desastre?Palavras-chave: Confinamento, lucidez, homem, natureza, pandemia. Abstract: In this meeting I will make a reading of Cioran about the confinement that has caused the current pandemic. I… Continue lendo “Cioran no desastre” – Efrén Sánchez Ranulfo

“O testemunho como ensaio – o ensaio como testemunho: Jean Améry nos limites do intelecto” – Helmut Paul Erich Galle

Revista Remate de Males, Campinas-SP, v. 37, n. 2, pp. 639-669, jul./dez. 2017. O ensaio é, conforme definido no verbete de uma enciclopédia dos gêneros literários, “uma forma literária de prosa não ficcional de extensão delimitada na qual um tema de livre escolha é tratado em estilo aberto e com uma linguagem universalmente inteligível” (Schärf,… Continue lendo “O testemunho como ensaio – o ensaio como testemunho: Jean Améry nos limites do intelecto” – Helmut Paul Erich Galle

Frolicsome Engines: The Long Prehistory of Artificial Intelligence – Jessica Riskin

The Public Domain Review, May 4, 2016 Defecating ducks, talking busts, and mechanised Christs — Jessica Riskin on the wonderful history of automata, machines built to mimic the processes of intelligent life. How old are the fields of robotics and artificial intelligence? Many might trace their origins to the mid-twentieth century, and the work of… Continue lendo Frolicsome Engines: The Long Prehistory of Artificial Intelligence – Jessica Riskin

“Do Eros criador aos ‘Funerais do Desejo’: Amor, Êxtase e (Des)Ilusão em Cioran” – Juan Pablo Enos 🇧🇷

https://youtu.be/Hodq_1OFY0g A fecundidade do amor bem como as tragédias relativas aos efeitos de Eros são temas recorrentes ao longo da obra de Cioran. Nesta comunicação, apresentarei alguns dos trechos em que o amor, seja em seus aspectos fisiológicos, éticos e estéticos são abordados na obra do autor. Desde o ensaio de juventude “Ser Lírico”, onde… Continue lendo “Do Eros criador aos ‘Funerais do Desejo’: Amor, Êxtase e (Des)Ilusão em Cioran” – Juan Pablo Enos 🇧🇷