Cioran, um autor para crentes e descrentes, místicos e niilistas, para “os que creem em tudo e os que não creem em nada”: uma antologia

Uma seleção de aforismos e fragmentos que ilustram a dualidade fundamental do pensamento de Cioran, dividido (e indeciso), como um "Hamlet" balcânico, entre o Absoluto e a existência, Deus e o Nada, a necessidade de salvação ou délivrance (libertação) e a "tentação de existir". Numa passagem d'O Livro das ilusões, incluída nesta antologia, o jovem… Continue lendo Cioran, um autor para crentes e descrentes, místicos e niilistas, para “os que creem em tudo e os que não creem em nada”: uma antologia

“O Diálogo do Pessimismo babilônico: um diálogo filosófico antes dos gregos” – Jacyntho BRANDÃO | UFMG

Aula Inaugural CMAF/UECE (2022/2) https://www.youtube.com/watch?v=7lHlG8c8JLg "SERVO, SERVE-ME!" - 𒀴 𒈪𒄨𒄥𒀭𒉌O DIÁLOGO DO PESSIMISMO Nova tradução de Gleiton LentzRevista (n.t.) Nota do Tradutornº 23, vol. especial (2021-22) O texto: Conhecido na tradição oriental como arad mitanguranni (Servo, serve-me!), “O diálogo do pessimismo” é uma antiga composição literária mesopotâmica, de origem acadiana, reproduzida nas épocas assíria e babilônica. Escrito por… Continue lendo “O Diálogo do Pessimismo babilônico: um diálogo filosófico antes dos gregos” – Jacyntho BRANDÃO | UFMG

“Nicolas de Staël ou a vertigem” – CIORAN

Texto publicado em 1995, na revista francesa Lire, sobre o pintor russo naturalizado francês (1914-1955), que Cioran teve a oportunidade de conhecer em seus primeiros anos vivendo na França, pouco antes do suicídio de Nicolas de Staël, em 16 de março de 1955. Trata-se de mais um dos "exercícios de admiração", incluído na edição espanhola… Continue lendo “Nicolas de Staël ou a vertigem” – CIORAN

“«If You Want To Kill Yourself…» – For a Critique of Suicidal Reason” – Julio CABRERA

(n.t.) Nota do Tradutor, nr. 23, special illustrated edition («Suicidário»), 2021, pp. 12-58. Transl. by Rodrigo Menezes. An unpublished essay by Argentinian-born, Brazilian-based philosopher Julio Cabrera, internationally renowned for his studies on negative ethics, and considered one of the most important South American representatives of contemporary Antinatalism, a movement anticipated by his Projeto de ética… Continue lendo “«If You Want To Kill Yourself…» – For a Critique of Suicidal Reason” – Julio CABRERA

“Breviário do caos” – Albert CARACO

Revista (n.t.) Nota do Tradutor, nº 23, edição especial, temática e ilustrada («Suicidário»), 2021. O texto: Excertos de Bréviaire du chaos, de Albert Caraco, livro publicado em 1982 que se caracteriza por sua prosa mortuária e quase automática, como uma espécie de Litania do Caos. Os textos não titulados se destacam pela locução rudimentar, desprovida… Continue lendo “Breviário do caos” – Albert CARACO

“Encontros com o suicídio” – CIORAN

O texto: Seleção de aforismos de “Rencontres avec le suicide”, um dos capítulos de Le mauvais démiurge (1969), de E. M. Cioran. Trata-se de ruminações, variações sobre a questão capital, muitas das quais vacilações em torno do suicídio, cuja ideia é priorizada em detrimento de sua realização. São “encontros e desencontros” com o suicídio que, levando a compreender… Continue lendo “Encontros com o suicídio” – CIORAN

Revista (n.t.) Nota do Tradutor #23: edição especial ilustrada com 29 traduções, incluindo aforismos inéditos de Cioran

O nº 23 da revista (n.t.) Nota do Tradutor, que acaba de sair, é a segunda edição especial em mais de uma década de projeto. Desta vez, tematizamos o fenômeno do suicídio. Ao reunir 29 autores estrangeiros, em 15 idiomas diferentes, este número é uma espécie de Suicidário que contempla os mais variados pontos de… Continue lendo Revista (n.t.) Nota do Tradutor #23: edição especial ilustrada com 29 traduções, incluindo aforismos inéditos de Cioran

“«O Livro das Ilusões», de Cioran, lido por Mihail Sebastian: o estranho caso do «convalescente que aspira à doença»” – Rodrigo MENEZES

De suas primeiras obras, ainda mal conhecidas entre nós, sublinho O livro das ilusões (Cartea amăgirilor), a que daria o subtítulo de um de seus capítulos: Mozart e a melancolia dos anjos. Considero aquelas páginas uma fantasia para cordas, como se fosse o primo consanguíneo de A origem da tragédia, nas grandes linhas melódicas que unem e separam as… Continue lendo “«O Livro das Ilusões», de Cioran, lido por Mihail Sebastian: o estranho caso do «convalescente que aspira à doença»” – Rodrigo MENEZES

“Ítaca”: poema de Konstantinos Kaváfis

Quando partires em viagem para Ítacafaz votos para que seja longo o caminho,pleno de aventuras, pleno de conhecimentos.Os Lestrigões e os Ciclopes,o feroz Poseidon, não os temas,tais seres em teu caminho jamais encontrarás,se teu pensamento é elevado, se raraemoção aflora teu espírito e teu corpo.Os Lestrigões e os Ciclopes,o irascível Poseidon, não os encontrarás,se não… Continue lendo “Ítaca”: poema de Konstantinos Kaváfis

“Eminescu é a desculpa da Romênia”: Cioran fala sobre o grande poeta nacional romeno

Eminescu este scuza României. Breve entrevista com Cioran realizada em Paris, ao final da década de 80, por uma repórter romena, por ocasião de uma peça teatral dedicada a Mihai Eminescu, o grande poeta nacional romeno. https://www.youtube.com/watch?v=FTGA8_6LCao É possível que tenha sido um evento fechado promovido pela Embaixada da Romênia na França (não há notícias… Continue lendo “Eminescu é a desculpa da Romênia”: Cioran fala sobre o grande poeta nacional romeno