“Iluminismo, Romantismo e Misticismo a partir da obra de Kant” – André Luiz Pinto da Rocha

Revista Terceira Margem - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Literatura da UFRJ,  v. 20, n. 33 (2016). Resumo: O objetivo desse artigo é analisar a instauração da filosofia contemporânea tendo como enfoque dois movimentos, a Ilustração e o Romantismo. A filosofia kantiana será levada em conta, em especial, a analítica do Belo. A tese então… Continue lendo “Iluminismo, Romantismo e Misticismo a partir da obra de Kant” – André Luiz Pinto da Rocha

“Prosa e Poesia” – NIETZSCHE

Observe-se que os grandes mestres da prosa foram quase sempre poetas também, seja publicamente ou apenas em segredo e “para os íntimos”; e, de fato, apenas em vista da poesia se escreve boa prosa! Pois esta é uma ininterrupta e amável guerra com a poesia: todo o seu charme consiste em que a poesia é… Continue lendo “Prosa e Poesia” – NIETZSCHE

“Maurice Blanchot e o espaço do imaginário: algumas aproximações” – Renato SUTTANA

Letras de Hoje - Estudos e Debates de assuntos de linguística, literatura e língua portuguesa, v. 48 n. 2 (2013). Resumo: Neste trabalho, abordamos noção de espaço, aplicado ao estudo da obra literária, conforme se configura nos escritos de Maurice Blanchot. Tomando como base, principalmente, as suas reflexões sobre as obras de Joubert, Borges, Kafka… Continue lendo “Maurice Blanchot e o espaço do imaginário: algumas aproximações” – Renato SUTTANA

“L’infinito tra poesia, filosofia e sentire” – Loretta MARCON

ORIZZONTI CULTURALI ITALO-ROMENI, n. 12, dicembre 2021, anno XI Quando parliamo di poesia pensante e di pensiero poetante di Leopardi, immediatamente si presentano alla nostra mente i versi di due particolari Canti: l’Infinito e il Canto notturno di un pastore errante.Il secondo appare immediatamente, nella sua luce lunare, poeticamente spietato nel suo realismo, perché intriso di domande… Continue lendo “L’infinito tra poesia, filosofia e sentire” – Loretta MARCON

Eroticism, death and the devil – How Gothic art captivates us | DW Documentary

https://www.youtube.com/watch?v=5UT889YeCuo Death and the devil. Nudity and eroticism. Horror. With its daring subjects and blazing colors, the art of the Gothic period captivated viewers some 500 years ago, and still affects us deeply, today. This documentary focuses on some of the most spectacular panels and paintings of the Gothic period. The mid-15th century saw the… Continue lendo Eroticism, death and the devil – How Gothic art captivates us | DW Documentary

“Cioran, Borges y la filosofía” – Alfredo ABAD

El Vuelo de la Lechuza, 9 de diciembre de 2021 La asimilación de Cioran como un filósofo no deriva de un capricho. Por el contrario, en él la filosofía cobra su identidad, su necesaria especificidad a través de la cual es concebible. No otra razón le atañe a quien con suficiencia puede descartar la comodidad del pensamiento, a… Continue lendo “Cioran, Borges y la filosofía” – Alfredo ABAD

“Passagem das horas” – Álvaro de Campos

19 janvier [1970] - J'ouvre les Poésies d'Alvaro de Campos (Pessoa), et je tombe sur « Seja o que fôr, era melhor nao ter nascido. » Quoi qu'il en soit, mieux valait n'être pas né.CIORAN, Cahiers, p. 787. https://www.youtube.com/watch?v=aoczH7CVSBg PASSAGEM DAS HORAS [b] Trago dentro do meu coração,Como num cofre que se não pode fechar… Continue lendo “Passagem das horas” – Álvaro de Campos

“Poética do desencanto: ‘Movimentos portáteis’, de Reynaldo Damazio, e outros lançamentos” – Michaela Schmaedel

Revista Cult, 17 de agosto de 2021 Uma poética do desencanto. Esta poderia ser uma definição para o conjunto de poemas apresentado por Reynaldo Damazio em Movimentos Portáteis (editora Kotter), seu oitavo livro, lançado no ano pandêmico de 2020. Nos 76 poemas que compõem a obra, o poeta, editor e gestor cultural paulista de 57 anos lança… Continue lendo “Poética do desencanto: ‘Movimentos portáteis’, de Reynaldo Damazio, e outros lançamentos” – Michaela Schmaedel

“À margem de um poema de Verlaine” – CIORAN

Um poema de Verlaine equivale à harmonia melódica de uma sinfonia executada sob um céu azul; transporta-nos para além da fuga fragmentária e banal da vida; dá-nos a impressão de viajar rodeados de asas de anjo… É profundamente irracional; transporta-nos, aguçando nossa sensibilidade, para além da categoria do espaço concreto, palpável e apreensível; sua ondulação,… Continue lendo “À margem de um poema de Verlaine” – CIORAN

“Emily Dickinson: Una genia con actividad propia” – Laura Freixas

Fundación Juan March, 10 de marzo de 2015 Je donnerais tous les poètes pour Emily Dickinson.CIORAN, Cahiers https://www.youtube.com/watch?v=6D-4rD-fu4A Una mujer genial que decidió hacer uso de su renta y su “habitación propia” para componer en torno a dos mil poemas y cientos de cartas. Prolífica, audaz e íntegra son algunos de los calificativos con los… Continue lendo “Emily Dickinson: Una genia con actividad propia” – Laura Freixas