Cioran, um autor para crentes e descrentes, místicos e niilistas, para “os que creem em tudo e os que não creem em nada”: uma antologia

Uma seleção de aforismos e fragmentos que ilustram a dualidade fundamental do pensamento de Cioran, dividido (e indeciso), como um "Hamlet" balcânico, entre o Absoluto e a existência, Deus e o Nada, a necessidade de salvação ou délivrance (libertação) e a "tentação de existir". Numa passagem d'O Livro das ilusões, incluída nesta antologia, o jovem… Continue lendo Cioran, um autor para crentes e descrentes, místicos e niilistas, para “os que creem em tudo e os que não creem em nada”: uma antologia

“A ciência mata Deus?” – Marcelo GLEISER

O último vídeo do Física para Poetas é imperdível! Neste vídeo tão esperado, exploro a relação nem sempre amigável entre ciência e religião. Qual a origem do conflito? As duas são incompatíveis? A ciência quer matar Deus? Existem perguntas sem respostas? E a origem do universo a física pode explicar? https://www.youtube.com/watch?v=XQTeJjYUL8Q Protagonizado por: Marcelo Gleiser.… Continue lendo “A ciência mata Deus?” – Marcelo GLEISER

“Camus e o único problema filosófico realmente sério” – Ariano SUASSUNA

Só existe um problema filosófico realmente sério: o suicídio. Julgar se a vida vale ou não vale a pena ser vivida é responder à pergunta fundamental da filosofia. O resto, se o mundo tem três dimensões, se o espírito tem nove ou doze categorias, vem depois. Trata-se de jogos; é preciso primeiro responder. E se… Continue lendo “Camus e o único problema filosófico realmente sério” – Ariano SUASSUNA

“A poesia revoltada” – CAMUS

Se a revolta metafísica recusa o sim, limitando-se a negar de modo absoluto, ela se destina a parecer. Se cai na adoração do que existe, renunciando a contestar uma parte da realidade, obriga-se mais cedo ou mais tarde a agir. Entre um e outro, Ivan Karamazov representa, mas num sentido doloroso, o laisser-faire. A poesia… Continue lendo “A poesia revoltada” – CAMUS

“Lutero” – E. M. CIORAN

Ter fé não é tudo; importa ainda sofrê-la como uma maldição, ver em Deus um inimigo, um carrasco, um monstro e, todavia, amá-lo, projectando nele toda a. inumanidade de que dispomos, com que sonhamos… A Igreja fez de Lutero um ser pálido, degenerado, amável; Lutero protesta: Deus, sustenta ele, não é. o «tolo», nem o… Continue lendo “Lutero” – E. M. CIORAN

“A recusa da salvação” – Albert CAMUS

Se o revoltado romântico exalta o indivíduo e o mal, não toma por isso mesmo o partido dos homens, mas apenas o próprio partido. O dandismo é sempre e em qualquer de suas formas um dandismo em relação a Deus. Na qualidade de criatura, o indivíduo só pode opor-se ao criador. Ele tem necessidade de… Continue lendo “A recusa da salvação” – Albert CAMUS

“O nosso inquérito sobre o fado” – Fernando PESSOA

O ʺNotíciasʺ Ilustrado, 14 de abril de 1929, p. 14. O fado será ou não uma canção nacional? — os seus intuitos são moralisadores, ou pelo contrario antingirão uma feição dissolvente? — ha vantagem em dar ao fado o desenvolvimento necessario a elege-lo como uma especialisação artistica, etnica, ou musical? — turistico, poetico, saudosista, invocativo,… Continue lendo “O nosso inquérito sobre o fado” – Fernando PESSOA

“A fraqueza de Deus” – Marilia FIORILLO

O que sabiam os gnósticos? A ponto de torná-los tão incômodos, indesejáveis, ameaçadores? Não eram segredos ocultos, fórmulas mágicas, amuletos encantados, abracadabras. O que os gnósticos conheciam era o poder da imaginação. Conheciam e punham em prática. Pois o gnosticismo é tudo, menos um quietismo. As nuances das doutrinas gnósticas são tantas que, até hoje,… Continue lendo “A fraqueza de Deus” – Marilia FIORILLO

“O animal metafísico” – CIORAN

Se se pudesse apagar tudo o que a Neurose inscreveu no espírito e no coração, todas as marcas malsãs que deixou neles, todas as sombras impuras que a acompanham! O que não é superficial, é sujo. Deus: fruto da inquietude de nossas entranhas e dos borborigmos de nossas ideias… Só a aspiração ao Vazio nos… Continue lendo “O animal metafísico” – CIORAN

Deus e a Experiência de Quase-Morte – Jean-Yves LELOUP

Jean-Yves Leloup é um dos pensadores da religião e da espiritualidade mais importantes da atualidade, autor de mais de 60 livros traduzidos em varias línguas. Francês, filósofo, teólogo, padre da Igreja Ortodoxa, ele conta como uma Experiência de Quase-Morte o levou para o caminho espiritual e da meditação. https://www.youtube.com/watch?v=mKb_7IlgVVM Une Expérience de Mort Imminente (EMI),… Continue lendo Deus e a Experiência de Quase-Morte – Jean-Yves LELOUP