“A Short History of Authentic Time” – Peter SLOTERDIJK

According to a bon mot of Adolf von Harnack, Gnosticism signifies the acute Hellenization of Christianity. This bon mot would itself remain a profound remark only if one were successful in confirming the hypotheses about the non-Christian origin of Gnosticism. For, wherever Gnosticism may have arisen – in heretical and apocalyptic Judaism, in irrational dualism,… Continue lendo “A Short History of Authentic Time” – Peter SLOTERDIJK

“Gnosticism as negative psychology” – Peter SLOTERDIJK

In Gnosticism metaphysics is transformed into psychopathology and pneumato-pathology. It deems the arrival of the soul in the world to be a catastrophe of alienation; all life in the dazzling direction of the outward path is, in a fundamental sense, “grieving” – which is the effect of separating from the self. As a critique of… Continue lendo “Gnosticism as negative psychology” – Peter SLOTERDIJK

“A fraqueza de Deus” – Marilia FIORILLO

O que sabiam os gnósticos? A ponto de torná-los tão incômodos, indesejáveis, ameaçadores? Não eram segredos ocultos, fórmulas mágicas, amuletos encantados, abracadabras. O que os gnósticos conheciam era o poder da imaginação. Conheciam e punham em prática. Pois o gnosticismo é tudo, menos um quietismo. As nuances das doutrinas gnósticas são tantas que, até hoje,… Continue lendo “A fraqueza de Deus” – Marilia FIORILLO

“Perdas: o fim das teodicéias modernas” – Susan NEIMAN

Muitas vezes alega-se que Auschwitz acabou com as crenças anteriores de que o progresso era inevitável, mas tais alegações pressupõem uma ingenuidade que poucos textos conseguem suportar. Vimos o ceticismo quanto à capacidade da humanidade de melhorar permear a obra de pensadores iluministas tão profundamente opostos entre si quanto Voltaire e Rousseau. Em 1794, ao… Continue lendo “Perdas: o fim das teodicéias modernas” – Susan NEIMAN

“Psychopathologie du mysticisme et travail du négatif” – Jacques ARÈNES

Adolescence, 2008/1 (T. 26 n°1) Les modèles traditionnels de la psychopathologie mystique Les mystiques sont diverses, et il est présomptueux de discerner une pathologie du mysticisme comme de donner une unité au mouvement mystique. L’unité de la mystique est cette dimension essentielle du religieux qui déploie l’amour et le désir humains en désir et amour religieux .… Continue lendo “Psychopathologie du mysticisme et travail du négatif” – Jacques ARÈNES

“No início era a crise” – Marilia FIORILLO

Quanto mais o universo parece ser compreensível, mais ele se mostra sem objetivo.STEVEN WEINBERG, Os três primeiros minutos Os estudiosos de toda parte do mundo que se encontrariam em 1966 na Sicília para discutir o gnosticismo também desencadearam uma pequena guerra de opiniões, mais suave que a dos primeiros padres. O desfecho do encontro histórico… Continue lendo “No início era a crise” – Marilia FIORILLO

“Do ennui ao êxtase: Cioran e o sentimento religioso da existência” – Rodrigo MENEZES

Quanto mais perco minha fé no mundo, mais estou em Deus, sem crer nele. – Será uma doença misteriosa, ou uma nobreza do espírito e do coração, que te faz ser ao mesmo tempo cético e místico?CIORAN, Amurgul gândurilor [O Crepúsculo dos Pensamentos] (1940) A acusação de “irracionalismo” oculta, muitas vezes, a defesa de um… Continue lendo “Do ennui ao êxtase: Cioran e o sentimento religioso da existência” – Rodrigo MENEZES

“John Gray e o equívoco do gnosticismo” – Rodrigo MENEZES

Em A alma da marionete (The Soul of the Marionette, 2015), John Gray dava indícios de compreender equivocadamente o assim-chamado "gnosticismo": a gnose da heresia gnóstica surgida no cristianismo primitivo, nos primeiros séculos da nossa era, e ressurgida na Idade Média, entre os cátaros e outros grupos religiosos sectários. Ele escreve: Hoje em dia, muitas… Continue lendo “John Gray e o equívoco do gnosticismo” – Rodrigo MENEZES

“A ética da responsabilidade” – Oswaldo GIACOIA JR.

https://www.youtube.com/watch?v=nJm2nofC0Us O que entendemos por responsabilidade? Temos consciência das consequências de nossas ações ou mesmo de nossas omissões? Da nossa interferência na vida de outros seres? Nos tornamos capazes, em virtude de nossa própria obra, de destruir a nós mesmos e ao planeta em que habitamos. Diante deste excesso de poder, tornou-se urgente ampliar os… Continue lendo “A ética da responsabilidade” – Oswaldo GIACOIA JR.

“Self-Reliance or Mere Gnosticism” – Harold BLOOM

https://www.youtube.com/watch?v=b04zs6QHuWM I am to invite men drenched in Time to recover themselves and come out of time, and taste their native immortal air.– RALPH WALDO EMERSON https://www.youtube.com/watch?v=PLPazL-wcwM&t=4s If you seek yourself outside yourself, then you will encounter disaster, whether erotic or ideological. That must be why Ralph Waldo Emerson, in his  central  essay,  “Self-Reliance”  (1840),… Continue lendo “Self-Reliance or Mere Gnosticism” – Harold BLOOM